sábado, 2 de julho de 2011

O RESGATE...

Rever Foz ,foi rever sentimentos que eu pensei
           havia enterrado há muito tempo.
           Bastou sentir o cheiro das matas.
           Bastou sentir o cheiro das águas,para que tUDO
           viesse à minha mente com mais força ainda.
           Não chorei!
           Apenas respirei a saudade que ali permanece calada
           no perfume da Natureza que serve de moldura para
           minhas lembranças.
           O passado se fazendo presente.( ou ,o presente se
           fazendo passado,não sei.)
           Por todos os lugares que andei,deixei que as lembranças
           fossem ,uma a uma,se apoderando dos cantinhos que
           lhes pertenciam na minha memória...
           Lembranças boas,ruíns...cada uma em seu tempo e lugar,
           tomando espaços que ficaram vazios por longos anos,sem
           que eu me desse conta da falta que me faziam.
           As lembranças alimentando minha alma,trazendo uma
           calma jamais experimentada.
           Resgatei sentimentos adormecidos.
           Traduzi outros tantos que se faziam confusos dentro de mim.
           Voltei repleta.Completa de mim mesma.Em paz!!

                   Foz,Minha Eterna Saudade!!

   
        26/06/